Skip directly to content

Plano Safra 2021/2022

06/07/2021

Quando começa o Plano Safra 2021/2022 no Sicredi?
O Sicredi começou a receber as propostas de financiamento para o Plano Safra 2021/2022 em 6 de julho de 2021. 


Como foi a liberação de recursos no ciclo 2020/2021?
No ano-safra 2020/2021, ainda em dados preliminares, o Sicredi liberou R$ 27,5 bilhões em crédito rural em aproximadamente 218 mil operações de custeio, investimento, comercialização e industrialização. Além desses recursos, deve fechar o ciclo com a liberação de mais R$ 1,6 bilhão via CPRs (Cédula de Produtor Rural), totalizando R$ 29,1 bilhões - crescimento de 41% se comparado ao ano-safra anterior.


Quanto o Sicredi projeta liberar para a Safra 2021/2022?
O Sicredi projeta disponibilizar mais de R$ 38,2 bilhões em crédito rural no Plano Safra 2020/2021, o que representa um aumento de 31% em relação ao ano-safra anterior. A projeção é que os recursos sejam disponibilizados para aproximadamente 290 mil operações.  


Qual é a divisão destes recursos?
Deste total, a expectativa da instituição financeira cooperativa, que reúne mais de 5 milhões de associados em 24 estados e no Distrito Federal, é disponibilizar R$ 21,5 bilhões para operações de custeio, R$ 12,1 para investimentos, R$ 1,6 bilhão para comercialização e industrialização. 
Com foco em atendimento aos pequenos e médios produtores, serão R$ 7,9 bilhões via Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), um volume 28% maior do que o verificado no ano-safra passado, e de R$ 6,6 bilhões via Pronamp (Programa de Apoio ao Médio Produtor Rural), alta de 29%. A previsão é de mais de 220 mil operações para esses públicos, o que representa 80% do total da safra.


Quem é o público-alvo?
O apoio a pequenos e médios produtores rurais e à agricultura familiar é um dos focos do Sicredi em operações de crédito, principalmente as que envolvem o Plano Safra. Este público representa cerca de 80% das operações por ela realizadas anualmente – e a tendência deve se manter nos próximos ciclos.


Quais serão as linhas de crédito atendidas pelo Sicredi?
Os recursos são disponibilizados ao crédito rural para as operações de custeio, investimento e comercialização, bem como as linhas contratadas com recursos direcionados à investimentos pelo BNDES.


Quais são as diferenças entre as linhas de custeio, comercialização e investimento?
O custeio é uma das finalidades do crédito rural e destina-se a cobrir as despesas normais dos ciclos produtivos das atividades agrícola ou pecuária, tais como plantio de lavoura e formação de pastagens. A comercialização engloba despesas posteriores ao cultivo e produção como transporte, beneficiamento e armazenamento dos produtos para venda futura. Os recursos para investimento podem ser usados na construção de silos, compra de maquinário, implementação de lavoura permanente, projeto de recuperação de pastagens e aquisição de rebanho.


Quais são as recomendações para os associados?
Antes de solicitar o crédito, o associado deve fazer o planejamento da próxima safra – o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica sobre o uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados. Com todas as informações em mãos, pode procurar a sua agência para dar andamento para a proposta e demais procedimentos para aprovação e liberação do crédito.


Quais as vantagens que os produtores rurais têm em buscar o financiamento junto ao Sicredi?
Por ser associado do Sicredi, o produtor, ao optar por tomar financiamento na instituição, está contribuindo para o crescimento do seu próprio negócio, com possibilidades de retorno de resultados, com o desenvolvimento da sua cooperativa de crédito e da comunidade local. 
Um dos nossos principais diferenciais é a capacidade de buscarmos fontes diversificadas de recursos para financiamentos a esses públicos, além da proximidade com os associados, o que torna possível avaliar a melhor solução para cada produtor, estabelecendo uma relação de confiança.


De que forma o Sicredi auxilia os agricultores familiares?
As cooperativas de crédito integrantes do Sicredi atuam focadas em oferecer aos agricultores familiares associados uma linha de produtos e serviços (cartão, seguro, crédito, consórcio, conta corrente, aplicações etc.) que agregue renda e contribua para a melhoria da qualidade de vida. Entre as soluções, podemos destacar a constante busca pelo atendimento das demandas de crédito por meio das linhas de crédito do Pronaf (custeio e investimento), com taxas e prazos compatíveis com suas necessidades e que viabilizam melhorar o processo produtivo e, por consequência, a sua produtividade/rentabilidade.


Quais as fontes dos recursos que financiam o Agro no Sicredi?  
A poupança (equalizada e não equalizada) é a principal fonte de financiamento do agro. Porém, também temos recursos oriundos da captação de LCA e oriundos das exigibilidades bancárias (Recursos Obrigatórios). Outras fontes são BNDES, BRDE, FCO, FNO, FUNCAFÉ e MCR, além de recursos próprios. 
Para a safra 2021/2022, também iremos captar recursos no exterior em entidades que favorecem financiamento de investimentos na chamada “agricultura verde” (sustentável).

 

AddToAny